quinta-feira, 25 de junho de 2009

Moonwalk



Music video by Michael Jackson performing Dirty Diana Album: Bad (C) 1987

Eu conheci o Michael Jackson quando tinha 13 anos. Claro, devo ter visto antes, mas aos 13 eu o descobri. Assistia programas na tv para vê-lo dançar. Curtia com a minha mãe e com meus irmãos, dançava em todas as festas, colecionava até figurinhas. Era bonito demais ver o que aquele moço fazia com os pés, com as mãos, com os quadris. Pop, eu nem sabia o que era, mas ele era, eu era, todos queríamos ser e seríamos.

Superstar, era assim, ele todo cheio de articulações e de refrões febris.

O tempo passou e muitas coisas aconteceram com ele. Mudou de cor, mudou de rosto, mudou de vida. Mas, na minha memória, o MJ sempre foi aquele ser místico que no palco hipnotizava, arrebatava multidões.

Quando conheci meu marido, além de filmes, falamos de Michael Jackson. E ele me apresentou esta Diana Indecente onde este moço rasgava a voz, rasgava a roupa, rasgava o palco inteiro.

Vi mais belezas desconhecidas e descobri que o moço sem cor, era atemporal e para sempre brilharia na memória dos dias em que eu adolescia.

Michael hoje partiu para as Terras do Sem Fim, foi popear com Deus, com seus anjos e seus arcanjos - serafins.

Michael Joseph Jackson, 29 agosto 1958 - Los Angeles, 25 jun 2009

"King of Pop" , cinco de seus álbuns de estúdio se tornaram os mais vendidos mundialmente de todos os tempos: Off the Wall (1979), Thriller (1982), Bad (1987), Dangerous (1991) e HIStory: Past, Present and Future – Book I(1995).

4 comentários:

Anônimo disse...

Soninha, muitas pessoas dizem que para ser lembrado e reverenciado só depois da morte. E isso acontece mesmo, mas, somente com as pessoas que passam pela humanidade e verdadeiramente marcam nossas vidas ou nossa história. Vários Michaels morrem por dia, mas certamente nenhum conseguiu merecer tanto o nosso respeito e consideração pela riqueza musical que ele conseguiu nos trazer. Beijos, Simone

Luana Ferraz disse...

E fica-se agora um fiel saudosismo...

Neto. disse...

Ain't no sunshine when Michael is gone...

Apagou mais uma estrela, espero que a esperança de um mundo melhor, que ele tanto quis, continue, mesmo que a saudade seja grande demais.

Linda homenagem.

: A Letreira disse...

Oi pessoas, temos todos um pouco de Jackson dentro da gente...